FAZER A VONTADE DOS OUTROS PODE TE CUSTAR MUITO CARO

by - 19:22

Oi gente o post de hoje é aquele desabafo do nosso papo de amiga, então senta no sofá pra gente conversar!

Durante muitos anos da minha vida, eu vivi para atender as expectativas das pessoas.

A gente sempre quer que nossos pais sintam orgulho da gente e é super gratificante quando isso acontece, afinal são as pessoas que mais amamos e ao mesmo tempo que não é justo culpar os pais já que eles fazem de tudo para extrair nosso melhor (e sou grata a eles porquê minha experiência como engenheira me deu toda base para tocar meu negócio próprio hoje), atender as vontades deles pode causar algumas frustrações. 

Eu tinha o sonho de ser atriz, cantora ou apresentadora de TV, enfim artista... mas pros meus pais, tudo que existia era engenharia, medicina, odontologia, diplomacia, ou qualquer outra coisa que não fosse ligada às artes!
Então, dentre as opções aceitáveis para eles, aos 17 anos, ingressei na faculdade de engenharia aeronáutica (que era um desafio para mim e gosto de desafios), quando comecei a ver meu sonho ficando cada vez mais distante.

O grande problema disso tudo é que o tempo passa e a frustração só aumenta... o seu sonho permanece ali intocável enquanto você se dedica para realizar o sonho das outras pessoas que você ama, e isso é totalmente injusto! Você passar grande parte da sua vida tentando agradar os outros e deixando de se agradar, pode sair muito caro.

As coisas começaram a mudar quando eu fiz uma pós-graduação em administração industrial na USP, comecei a focar nas coisas que gosto e a fotografia foi a grande descoberta da minha vida. Através dela eu consegui deixar o mercado da aviação e viver de algo que eu realmente amo, mas foi um processo longo e demorado, afinal deixar meu diploma tão batalhado e sofrido de lado não era uma decisão muito fácil.

Quando me lembro de toda minha trajetória, de quem eu sou, de tudo que vivi, de tudo que sofri inclusive para conseguir me formar, é quando eu digo que eu devo confiar mais em mim e no meu jeito de fazer as coisas.

Muita gente não me apoiou, aliás a maioria só apoia quando vê você ganhando dinheiro, as pessoas nos julgam muito pela profissão que escolhemos e isso é tão verdade que quando falo que sou fotógrafa algumas pessoas me olham com um olhar de desaprovação. Quando falo que sou engenheira aeronáutica, pós graduada na USP e que deixei a engenharia para ser fotógrafa, o olhar das mesmas pessoas imediatamente muda! Vira um olhar de admiração.
Talvez seja por isso que hoje ainda existem tantas pessoas infelizes em seus próprios empregos, atuando em áreas que nem gostam, buscando aprovação de pais, amigos, da sociedade!

Então minha dica de hoje é essa, escolha trabalhar com o que você ama fazer desde que você possa rentabilizar essa atividade para que vire sua profissão, saiba que existirão processos no meio do que você ama fazer, que nem sempre você vai gostar... exemplo, eu amo fotografar mas não gosto de redigir os contratos, mas o ponto positivo disso é que algumas coisas você pode terceirizar.

Além disso, tudo que fizer com amor e carinho irá brilhar e crescer de forma natural, com isso o dinheiro vai chegar como consequência de um trabalho bem-feito.
Portanto, acredite em você! Dê um passo a frente e decida assumir as rédeas da sua vida!
Eu passei por isso em 2012, quando pedi demissão do meu emprego bem remunerado na aviação, e posso dizer que foi libertador! Não tem dinheiro que pague!

Já pros que só pensam nas cifras, e claro que é importante porquê ninguém trabalha de graça, entendam que dinheiro é consequência de qualquer trabalho exercido com competência! Hoje ganho em 8 horas de trabalho o que eu ganhava em um mês trabalhando 8 horas por dia como engenheira. Então, se vocês só admiram as pessoas pelo quanto elas ganham, parem de julgar e passem a respeitar todas as profissões! Parem de me olhar com admiração apenas quando digo que sou a engenheira aeronáutica, pós graduada na USP que deixou a profissão para ser fotógrafa! Parem de criar estereótipos, respeitem todos os fotógrafos pois o nosso trabalho exige tanta dedicação quanto o trabalho de um engenheiro ou qualquer outro trabalho.

Ser engenheiro, ser fotógrafo, ser garçom, não importa! O que importa de verdade, dinheiro nenhum compra! Ser feliz! E isso tem pouca gente no mundo sendo! Você é?



You May Also Like

0 comentários